PortuguêsEnglishEspañolItaliano

Cid Ottoni Bylaardt – (Permanente)

Cid Ottoni Bylaardt – Dr./UFMG (2006)
Estágio Pós-Doutoral/Universidade de Coimbra (2011)
Bolsista Produtividade – CNPq – Nível 2
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/9466072856241017
Linha de Pesquisa 2 – Literatura: Tradição e Inovação
E-mailcidobyl@ig.com.br

Projeto: O esvaziamento da História nas Literaturas Brasileira e Portuguesa contemporâneas.

Descrição: Este projeto de pesquisa pretende traçar as linhas gerais de investigação do esvaziamento da história, da ideologia e do saber nas literaturas brasileira e portuguesa contemporâneas. O termo literatura é considerado aqui no sentido contemporâneo de uma atividade artística que rompe com a tradição das belas-letras, conceito que predominou na escrita literária até o século XIX, e com repercussões significativas na concepção de discurso literário ainda no século XX. Essa ruptura corresponde historicamente a um deslizamento do sentido do vocábulo literatura, que pode ser definido como a passagem de um saber para uma arte. Nesse movimento, a literatura tende a desvincular-se da história entendida como a consolidação de um saber ligado a um objetivo humanista. Esse esvaziamento será investigado em obras de ficção e em textos poéticos, priorizando-se a literatura brasileira e portuguesa da última década do século XX até os primeiros anos do século XXI. Entre os autores que serão investigados contam-se João Gilberto Noll, Bernardo Carvalho, Silviano Santiago, Rubem Fonseca, Teolinda Gersão, Haroldo e Augusto de Campos, Arnaldo Antunes, Horácio Costa, Afonso Ávila, Paulo Henrique Britto, Hilda Hilst, Maria Gabriela Llansol, António Lobo Antunes, Herberto Helder e outros mais cujos textos se mostrarem inseridos na tendência que este projeto propõe investigar. A fundamentação teórica inclui pensadores e ensaístas como Maurice Blanchot, Haroldo e Augusto de Campos, Afonso Ávila, Ruth Silviano Brandão, Jacques Rancière, Gilles Deleuze, Gilles Deleuze, Roland Barthes, Michel Foucault e outros.

Grupo de Estudos: O Esvaziamento da História na Literatura Contemporânea – Às sextas-feiras, das 15h30min às 18h, na Sala de Multimídia do PPGLetras.